quarta-feira, dezembro 23, 2015

Um ADEUS à 2015 e um BEM VINDO à 2016...

E mais um ano se vai e o outro vem... 2015 foi um ano bom e estamos bem agradecidos. Conseguimos circular com Cruviana por três vezes (Feira de Santana/ Jequié/ Feira de Santana) e ainda fizemos mais uma temporada em Salvador.

Em setembro, estreamos o nosso Sarau Folia e Poesia, no Mercado IAÔ Itinerante no Salvador Shopping. É um trabalho bem mais simples do que um espetáculo, porém a dedicação é a mesma. Esperamos muito que em 2016 ele continue a FOLIAR por aí...

Para 2016, já temos uma ótima notícia:

O Projeto Afinações estará de volta!!!
Que beleza!

Aguardem, que em breve iremos deixar todos muito bem informados sobre esta boa nova.

Dezembro vai dando o seu adeus e com ele finalizamos a parceria com o TECA TEATRO e Outras ARTES. 
Foram seis meses de trabalho no endereço da Rua Marechal Floriano no Canela e agora, partimos para uma próxima jornada de trabalho que infelizmente ainda não sabemos onde será. Um fato que evidencia uma das maiores dificuldades dos Coletivos e Grupos de Teatro da contemporaneidade, a ausência de espaços para o desenvolvimento de seu trabalho, que é todo dia, é contínuo é independente do estar em cena e dos Projetos a realizar.
Dito isso, o nosso engajamento junto ao Movimento SEDES foi importante e em alguns meses de reuniões e discussões já podemos dizer que há sim uma ideia que precisa continuar a ser fomentada e fortalecida pelos integrantes de Grupos que fazem parte deste Movimento. Nosso sincero agradecimento à todos que estiveram juntos! Essa LUTA é nossa e haverá de permanecer em nós e em todos os outros que conseguirmos conquistar.
Avante! 

Vá lá 2015, seja agora mais um a integrar a nossa história e memória. Que venha 2016 e com ele toda a força necessária para esse permanecer que insiste em nos arrebatar dia após dia.
Que seja doce!

Um Feliz Natal à todos e uma entrada de ano feliz! Todos nós merecemos!

Fé! Sobretudo fé!

Fomos!

Os Finos Trapos



sexta-feira, setembro 18, 2015

Grupo de Teatro Finos Trapos apresenta O Vento da Cruviana e promove Mediação Cultural com estudantes no Teatro Municipal Margarida Ribeiro - Feira de Santana (BA)

De volta à cidade de Feira de Santana, o Grupo de Teatro Finos Trapos,  realizará mais uma edição do espetáculo O Vento da Cruviana, desta vez no Teatro Municipal Margarida Ribeiro. Em maio passado, a peça foi apresentada no Centro Cultural Amélio Amorim. Foram 03 (três) apresentações seguidas de Medição Cultural com estudantes de Escolas Públicas e Privadas, possibilitando ao público presente a discussão sobre temas abordados na peça, bem como sobre os elementos da linguagem teatral.


O objetivo é possibilitar aos participantes dos debates, perspectivas para uma formação crítica. O Grupo acredita que as discussões contribuem para o aprimoramento do seu exercício dentro e fora da cena.   
O universo concebido em O Vento da Cruviana teve como fontes de inspiração filmografias, imagens e textos dramáticos, sobretudo obras que exploravam a relação entre mãe e filha, avó e neta. Nossa matriz foi o conto “A Incrível e Triste História de Cândida Erêndira e Sua Avó Desalmada” do colombiano Gabriel García Márquez.

Na narrativa, as duas personagens – Avó e Neta –  se vêem obrigadas a deixar o Casarão onde viviam isoladas, iniciando então uma jornada que transcorrem as fronteiras do espírito feminino. Tendo o sertão e os elementos da natureza como metáfora da topografia das relações humanas, da ambiguidade dos nossos desejos, inquietações e desafios. O Vento da Cruviana” combina realidade e o elemento fantástico para ressignificar as perdas, aspirações e convenções entre mulheres de gerações diferentes.



SERVIÇO:
O Vento da Cruviana
Gênero: Drama 
Duração: 70 minutos 
Onde: Teatro Municipal Margarida Ribeiro
Dia: 22 de setembro de 2015 (Terça)
Horário: 14 horas
Valor do Ingresso: R$ 20,00 (Inteira)
Classificação: Jovens a partir dos 14 anos acompanhado dos pais, professores ou responsáveis. Com 16 anos, poderá ter acesso desacompanhado(a).               
Contatos da Produção (71) 9177 8856 (Tim) (75) 8846 2876 (Oi)


Visitem também o nosso Site : 


segunda-feira, agosto 03, 2015

“O TEATRO É A CASA DO ATOR ”- NECESSITAMOS MUITO MAIS DO QUE UMA “SALA DE ESTAR”
Por Frank Magalhães – Membro do Grupo de Teatro Finos Trapos
magalhaes_2@yahoo.com.br
Sim, o teatro é um lugar sagrado para o ator. É nesse espaço de experiências que as possibilidades de trocas se manifestam em muitos aspectos: a escolha de uma ideia através da obra encenada, dos seus personagens e de infindáveis proporções que não damos conta. Neste contexto o jogo é de caráter subjetivo e complexo, o ator que vivencia nessa “sala de estar” que é palco de trocas diante de uma plateia.
Mas, essa “casa do ator”, durante séculos passou por muitas mudanças e consequentemente, seus moradores estão cada vez mais imbuídos em extrapolar essas experiências para além da “sala de estar”. Não quero aqui fazer uma análise histórica das mudanças do edifício teatral, pois não daria conta. Mas, sabe-se que variados aspectos políticos e culturais provocaram muitas transformações na caixa cênica. Os mais variados estilos passam a ser locais alternativos para o uso cênico, atendendo às necessidades e transformações de uma nova realidade. Um dos possíveis aspectos para essas mudanças é a atuação de artistas constituídos como Grupos, detalhe este que acredito que diferencia a maneira de produzir e que corrobora fortemente para alteração de um pensamento. A necessidade de se apossar de uma casa com todas as suas potencialidades é algo que faz parte dos sonhos de muitos coletivos. Necessitamos muito mais do que uma “sala de estar”. Queremos ultrapassar os limites dessa construção simbólica da “casa do ator”.   
A complexidade da questão do uso de espaços públicos muitas vezes se torna um entrave quanto ao seu destino. Os imóveis ficam à mercê da especulação imobiliária, uma realidade que divide responsabilidades com Órgãos que pouco dialogam com a dinâmica das cidades, deixando que o abandono e o descaso falem mais alto ao longo dos anos, o que acaba culminando em alguns desfechos desastrosos que chegam até a ceifar vidas. Em nossa cidade, Salvador (BA), a cada ano, principalmente em épocas de chuvas frequentes, casarões e outros imóveis em ruínas, fazem suas vítimas.         
Algumas experiências pelo Brasil afora podem se tornar bons exemplos a serem perseguidos, como é o caso da Casa da Ribeira - Espaço Cultural idealizado pelo Grupo de Teatro Clowns de Shakespeare, situada na cidade de Natal (RN). O projeto de ocupação do casarão é gerido pelo Grupo que, durante quase 15 anos de ocupação vem possibilitando o fortalecimento de ações que agreguem a comunidade do entorno.  Apresentações de espetáculos, oficinas de artes, acesso ao acervo bibliográfico, entre outras ações que dão um lastro para a existência dos Clowns. A execução das ações recria maneiras diferenciadas de requalificação de um bem patrimonial. O casarão que abriga a Sede dos Clowns de Shakespeare faz parte de uma área tombada pelo IPHAN como patrimônio da humanidade.  
Em Salvador, um exemplo de resistência é o Bando de Teatro Olodum que completa em 2015, vinte e cinco anos de trabalho. Sediado no Teatro Vila Velha há vinte anos, o Bando durante todos esses anos de trabalho continuado, vem fortalecendo dentre outros aspectos, a identidade do povo negro. O Vila também possibilitou a efervescência de ideias e o surgimento de outros coletivos bastante diversificados, inclusive. Amalgamados a esse complexo cultural sugiram os Grupos VilaVox e a Outra Companhia de Teatro, que hoje se multiplicam em sedes próprias possibilitando importantes ações de formação artística, intercâmbios e melhoramentos em seus arredores.
Os grupos que hoje desenvolvem suas atividades em suas sedes próprias, o fazem devido a Projetos aprovados em Editais Públicos e também através do apoio direto de empresas. O fato é que a proporção de trabalhos desses coletivos se multiplicou, até porque a sede é o local que possibilita inserir no cotidiano, ações artísticas e de produção dando melhor estrutura e sustentabilidade.  O envolvimento dos membros dos grupos nesta rotina, muitas vezes possibilita o exercício de outras frentes, seu campo de atuação então se amplia com o compromisso que não finaliza só no palco. O dia a dia mostra outros campos e, conseqüentemente leva cada integrante a se posicionar. Essa é uma vertente bastante encontrada na forma de atuação de um grupo. Pelo menos de alguns que acompanho mais de perto.  
A gestão conduzida por grupos que representam a sociedade civil, interfere diretamente e de maneira positiva na comunidade em que estão inseridos.  Ainda que a busca por um lugar que chamamos de sede esteja distante de nossa realidade, acreditamos que essa questão deve ser “pauta urgente” nas diversas instâncias governamentais, esse diálogo é indispensável para criar meios estruturais na criação de uma política pública que busque dialogar com questões contemporâneas.

                                

sábado, agosto 01, 2015

JULHO PASSOU, mas AGOSTO não ficará à DEUS DARÁ...


Saudações à todos que (ainda) leem esse Blog! 
Sim, ele ainda existe e persiste, como nós, os integrantes que fazem o Grupo de Teatro Finos Trapos acontecer. 
Evoé!

Nessa vida louca que todo mundo insiste em levar, de fato o Facebook é a ferramenta virtual que anda dando conta das atualizações todas da nossa life, e postar algo aqui no BLOG FINO acaba ficando para quando dá tempo... 
Corre, corre! 
Pega! 
Pega!...

Bem, vou contar tudo em resumo:

Voltamos do recesso junino e caímos de cara nos ENSAIOS de O Vento da Cruviana, pois tínhamos uma apresentação agendada para Jequié e assim foi...



A apresentação aconteceu no último dia 24 de Julho, no Teatro do SESC em Jequié! Foi um reencontro bem lindo e cheio de emoções.

Foi também mais uma experiência bacana com o nosso querido espetáculo, filho único do momento, e que recentemente completou um ano de estrada. 
Vida longa para Cruvi!

Em breve voltaremos em Jequié, dessa vez para a realização de DUAS OFICINAS, ministradas, cada uma delas, pelos integrantes Francisco André e Poliana Nunes. 
Se liguem que quando estiver perto a gente vai divulgar os detalhes...

Para Agosto, seguimos nas atividades de rotina, na produção executiva que nunca pára e na pesquisa do nosso novo processo de montagem, que ainda não tem data de estreia.

A novidade:

Estamos oferecendo a partir deste mês de agosto, o Curso de Violão com o Professor Tomaz Mota. 
As aulas podem ser individuais ou em turmas de até quatro alunos. Interessados, não se acanhem em entrar em contato! 




Ah! Antes que me esqueça, (outra vez) de falar para vocês, nós, desde o último mês de junho estamos residindo em um novo endereço. 

Através de uma nova parceria com o TECA TEATRO & OUTRAS ARTES, o Finos Agora está na Rua Marechal Floriano, no Canela.

Bom né?
Esperamos que esta parceria seja proveitosa para ambos os lados!

Bjo para quem é de beijo!

Os Finosos

quinta-feira, junho 18, 2015

RECESSO JUNINO É BOM E EU GOXXXXTO...

Povo da Finolândia! 
Entro de recesso hoje, dia 18/06 e retorno no dia 30/06... 
O povo vai se bulir lá pelas bandas de Conquista City, Feira de Santana... Ou ficar por aqui mesmo, ir ali no Pelourinho ralar o bucho, comer um amendoim e soltar traques no salão, ou melhor, na praça... 

Eheheheheheh...

Quando eu voltar, conto as novidades!

Já visitou o meu site? 
Ainda não??? 

Már mininu!!!

Aproveita então esses dias juninos para ir lá dá uma olhada. 

www.grupofinostrapos.com.br

Opiniões, comentários e sugestões são sempre bem-vindas!


Beijo para quem é de beijo!

Curtam o São João e tenham cuidado com os traques juninos! 
Olha a cobra!!! 
É mentira! 
Ihihihihihihih...

Inté mais vê!

Noís cinco...

segunda-feira, maio 25, 2015

DIA DE QUARTA-FEIRA... FEIRA DE SANTANA!


E o Finos Trapos segue espalhando a sua poesia Cruvianesca pela medina! 

Dessa vez, passaremos rapidinho em Feira de Santana (BA), e realizaremos quatro sessões do espetáculo O Vento da Cruviana, última montagem do Grupo que estreou em junho de 2014. As três primeiras sessões da peça serão fechadas para Colégios e a última, agendada para às 19 e 30 horas, será aberta ao público.

Vamos?
Em quase doze meses, o espetáculo já teve a oportunidade de participar de três Festivais (6ª Mostra Gira Sola (SP), FIT-Bahia e FITLÂ (BR)) e realizou três temporadas  independentes em Salvador. (Teatro Martim Gonçalves e SESC Pelourinho)

Estamos conseguindo romper muitas barreiras, apesar de não ser nada fácil lidar com algumas questões que envolvem essa seara. A meta continuará sendo levar a mensagem do Vento da Cruviana para outras praças por aí.

Então? 
Você conhece alguém em Feira de Santana?
Indique o nosso espetáculo e nos ajude a divulgar!

O QUÊ? O Vento da Cruviana, com o Grupo de Teatro Finos Trapos
ONDE? Centro de Cultura Amélio Amorim
QUANDO? 27 de Maio de 2015
QUE HORAS? 19 e 30 horas
QUANTO? R$ 10,00 (Valor da Inteira)
REALIZAÇÃO: Finos Trapos Produções Culturais e Artísticas LTDA.
CONTATO: Frank Magalhães (71) 9177-8856 
 
 
 

segunda-feira, abril 27, 2015

Mais CINCO Edições!

Prezados Leitores!

E nesta semana, daremos continuidade na temporada do Vento...

A primeira semana foi para esquentar os motores. Infelizmente, mesmo com todo o apoio da divulgação, tivemos pouco público, mas todos que foram nos prestigiar e nos retornaram com suas impressões, gostaram do espetáculo e o recomendam para quem ainda não viu.

Lembrando à todos que esta temporada está sendo realizada em parceria com o Diretor-Formando Ricardo Andrade, também ator na peça A CLAQUE que está em cartaz nos mesmos dias lá no Teatro Martim Gonçalves, no horário das 18e30hs.

Confiram abaixo as informações do SERVIÇO:


Teatro Martim Gonçalves (Escola de Teatro da UFBA)



A CLAQUE - Foto: Aroldo Fernandes

A CLAQUE
Dias 29 e 30 de Abril, 01, 02 e 03 de Maio (Quarta a domingo)
18 e 30 horas
Entrada Franca! (Senhas distribuídas à partir das 18 horas na Bilheteria do Teatro)


O Vento da Cruviana - Foto: Diney Araújo


O VENTO DA CRUVIANA
Dias 29 e 30 de Abril, 01, 02 e 03 de Maio (Quarta a domingo)
20 e 30 horas
Ingressos: R$ 10,00 (Valor da Inteira!)



sexta-feira, abril 10, 2015

Finos volta à cartaz com O Vento da Cruviana

Minha gente! 
Seguimos o curso do nosso rio, a vida pede passagem e é preciso seguir.


O Vento da Cruviana, sétimo espetáculo do nosso repertório e atual filho único, estará novamente em cena no Teatro Martim Gonçalves – Escola de Teatro da UFBA, entre os dias 22/04 e 03/05 - às 20 e 30 horas.

Trata-se  da realização de um Projeto independente, que será feito em parceria com Ricardo Andrade, diretor do espetáculo A Claque que também estará em cartaz nos mesmos dias e no mesmo Teatro, no horário das 18 e 30 horas.

O Vento estreou em junho de 2014 e realizou duas temporadas em Salvador. No mesmo ano, integrou a programação da 6ª Mostra de Teatro Gira Sola, realizada em setembro na cidade de Ribeirão Preto (SP) e participou da 8ª Edição do Festival Ipitanga de Teatro, realizado em novembro em Lauro de Freitas (BA). Em 2015, participou da II Edição do FITLÂ - Festival Itinerante de Teatro Latino-Americano Âmbar, realizado entre os dias 26/02 e 08/03 em Salvador.
O Vento da Cruviana - Grupo de Teatro Finos Trapos / Arte: Francisco André

O Vento da Cruviana narra a saga de duas personagens – Avó e Neta – que se vêem obrigadas a deixar o Casarão em que viviam isoladas, à espera do Patriarca Rudá, iniciando uma incrível jornada que transcorre as fronteiras do espírito feminino. Tendo o sertão e os elementos da natureza como metáfora da topografia das relações humanas, da ambiguidade dos nossos desejos, inquietações e desafios.

Livremente inspirado no conto “A Incrível e Triste História de Cândida Erendira e sua Avó Desalmada” (1978), do autor colombiano Gabriel García Marquéz, “O Vento da Cruviana” combina realidade e o elemento fantástico para resignificar as perdas, aspirações e convenções entre mulheres de gerações diferentes.

SERVIÇO:

O VENTO DA CRUVIANA
Onde: Teatro Martim Gonçalves
Dias: 22 de Abril a 03 de Maio de 2015 (De quarta a domingo)
Horário: 20 e 30 hs
Valor do Ingresso: R$ 10,00 (Inteira)
Classificação: 16 anos
Contatos: Produção (71) 9159 0282 – (71) 9177-8856 / Tim

FICHA TÉCNICA
Dramaturgia: Francisco André Encenação: Frank Magalhães  Intérpretes: Thiago Carvalho e Polis Nunes Cenário e Adereços: Yoshi Aguiar  Figurino: Jonhy Karlo Maquiagem: Polis Nunes Iluminação:  Frank Magalhães Direção Musical: Tomaz Mota Designer Visual Gráfico: Yoshi Aguiar Fotografias: Leonardo Pastor e Diney Araújo Produção Executiva: Frank Magalhães e Thiago Carvalho Realização: Finos Trapos Produções

segunda-feira, março 02, 2015

GRATIDÃO...

O Grupo de Teatro Finos Trapos agradece à todos pelas manifestações de fé, carinho e admiração ao nosso querido Roberto de Abreu.
Ele agora é uma estrela a nos guiar pelos caminhos que continuarão. Seremos eternamente gratos por tudo o que formamos e aprendemos com ele, braço forte, pulso firme e encorajador.
Aqui ratificamos a nossa solidariedade à sua família, que é um pouco nossa também, ao pessoal do Grupo de Pesquisa Olaria, aos demais alunos da UESB, aos seus colegas professores...
Aos tantos amigos nossos que nos marcaram em suas manifestações de carinho e lembrança.
Muito obrigado!
A opção que fazemos é guardar na memória os momentos em que éramos contemplados com o seu sorriso, aquela risada potente que ele tinha e que contagiava a todos. Também será para sempre a nossa referência, o seu amor incondicional pelo TEATRO, pela sua arte, pelo seu trabalho e pela vida que dedicava à este labor...
Beto, que a sua estrada seja de luz, flores e passarinhos. Encantos, delicadezas e ternuras... Como você gostava, como você desejava. Dorme em paz bravo colega! Nós sentiremos muito a sua falta, mas sabemos que de algum modo você estará sempre perto...
Evoé!
Siga tua luz...

sexta-feira, fevereiro 27, 2015

Vai Gennesius vai...

O Grupo de Teatro Finos Trapos hoje está triste
Um dos nossos cravos foi desabrochar em outras terras e nos deixou com o peito cheio de saudades...

Que a tua luz brilhe e irradie pela imensidão de todas as dimensões, você é este Grupo e nós somos você. Sentiremos a sua falta, mas também sabemos que você está em um lugar onde tudo é luz, amor, afeto e gentileza... 
Como você! 
Como nós...


O teatro é a arte do encontro! 
E não, isso não é uma despedida...
Nós te amamos Roberto de Abreu! 
Você é e sempre será um Finos Trapos!


Meu canto
Fortuito
Latente
Fracassador
Faço só
Essa travessia
Acordes macios
Caminhos em flor
Filho do vento
De delicadeza... 

quarta-feira, fevereiro 25, 2015

Finos Trapos participa do II FITLÂ - Festival Itinerante de Teatro Latino-Americano Âmbar


Integrando a programação do II FITLÂ – Festival Itinerante de Teatro Latino-Americano Âmbar, no próximo dia 05 de Março, às 19 horas, o Grupo de Teatro Finos Trapos fará mais uma apresentação do espetáculo O Vento da Cruviana, sétima montagem do Grupo.

O Vento estreou em junho de 2014  e após realizar duas temporadas em Salvador, o espetáculo integrou a programação da 6ª Mostra de Teatro Gira Sola, realizada em setembro na cidade de Ribeirão Preto (SP) e participou da 8ª Edição do Festival Ipitanga de Teatro, realizado em novembro em Lauro de Freitas (BA).
O Vento da Cruviana - Foto: Diney Araújo (Junho 2014)

O Vento da Cruviana narra a saga de duas personagens – Avó e Neta – que se vêem obrigadas a deixar o Casarão em que viviam isoladas, à espera do Patriarca Rudá, iniciando uma incrível jornada que transcorre as fronteiras do espírito feminino. Tendo o sertão e os elementos da natureza como metáfora da topografia das relações humanas, da ambiguidade dos nossos desejos, inquietações e desafios.

O Vento da Cruviana - Foto: Diney Araújo (Junho 2014)


Livremente inspirado no conto “A Incrível e Triste História de Cândida Erendira e sua Avó Desalmada” (1978), do autor colombiano Gabriel García Marquéz, “O Vento da Cruviana” combina realidade e o elemento fantástico para resignificar as perdas, aspirações e convenções entre mulheres de gerações diferentes.



SERVIÇO:

FITLÂ – Festival Itinerante de Teatro Latino-Americano Âmbar
Onde: Espaço Cultural da Barroquinha
Dias: 05 de Março de 2015 (Quinta-feira)
Horário: 19hs
Valor do Ingresso: R$ 10,00 (Inteira)
Classificação: 16 anos
Contatos: Produção (71) 9159 0282 – (71) 9177-8856 / Tim

FICHA TÉCNICA:

Dramaturgia: Francisco André
Encenação: Frank Magalhães 
Intérpretes: Thiago Carvalho e Polis Nunes
Cenário e Adereços: Yoshi Aguiar  
Figurino: Jonhy Karlo
Maquiagem: Polis Nunes 
Iluminação:  Frank Magalhães
Direção Musical: Tomaz Mota 
Designer Visual Gráfico: Yoshi Aguiar
Fotografias: Leonardo Pastor e Diney Araújo
Produção Executiva: Frank Magalhães e Thiago Carvalho
Realização: Finos Trapos Produções

Confiram a PROGRAMAÇÃO completa do FITLÂ em:
 http://festivalfitla.com/programacao/

sexta-feira, janeiro 30, 2015


 NÃO TEVE A OFICINA, MAS VAI TER FESTIVAL...

Prezados,

O primeiro mês de 2015 vai chegando ao fim e infelizmente, a Oficina de Produção, anunciada nas últimas postagens aqui do nosso Blog, não foi realizada.

Por diversas razões, nós, em comum acordo com o Centro Cultural Ensaio, fizemos a opção em abortar a realização da Oficina, anteriormente anunciada e divulgada também no nosso perfil no Facebook.
Agradecemos à todos que por ventura compartilharam a informação por aí.

Em um outro momento, talvez a Oficina seja oferecida novamente. Na ocasião, faremos todo o trabalho de divulgação como de costume.

E assim, seguimos a nossa rotina de atividades, nem sempre tão intensa assim, mas que procura continuar ativa, uma vez que o trabalho do Finos NUNCA se resumiu à estar só em cena, ao contrário, para entrar em cena é preciso, sempre, muito trabalho. 
Estamos aos poucos retomando os ensaios de O Vento da Cruviana e fazendo algumas reuniões de produção, importantes para o andamento deste 2015 ainda menino...
O Vento da Cruviana - Grupo de Teatro Finos Trapos - Foto de Diney Araújo


No mês de fevereiro, mais precisamente a partir do dia 26/02, Salvador sediará o II FITLÂ - Festival Latino Americano de Teatro, com a Coordenação de Produção sendo realizada pelo Coletivo Âmbar, através das "produtrizes" do Panacéia Delirante, um grupo aqui de Salvador, cheio de "mulé bunita"...

O espetáculo "O Vento da Cruviana" integrará a programação do II FITLÂ. Olha nós aí! 
II FITLÂ - 26 de Fevereiro à 08 de Março de 2015 - Salvador /Bahia/ Brasil

Aguardem que em breve compartilharemos aqui no nosso Blog toda a Programação do Festival que contará com a participação de artistas de países como Argentina, Chile e Peru.

Evoé para o Coletivo Ambâr e para as meninas do Panacéia Delirante.
Se precisarem de nós! 
Cá estamos...

Beijos finosos para todos!

terça-feira, janeiro 13, 2015

NOTA: 
OFICINA DE PRODUÇÃO ADIADA!

Prezados,

Comunicamos que a Oficina de Produção - Discutindo a Organização do Trabalho em Grupo, uma realização do Grupo de Teatro Finos Trapos em parceria com o Centro Cultural Ensaio, foi adiada para iniciar no próximo dia 20 de Janeiro, (Terça-feira) às 19 horas no Centro Cultural Ensaio.




Até lá, os interessados em participar desta atividade ainda poderão realizar sua pré-inscrição. 
Confira as informações no POST abaixo.

Muito obrigado!

Grupo de Teatro Finos Trapos